Regras

Esta seção contém as definições recomendadas e os limites de referência para os indicadores de desempenho de saúde e segurança ocupacional ​a serem usados ​​pelas empresas associadas ao IBRAM para fins de atividades de benchmarking. Os dados aqui apresentados datam a partir de janeiro/2019.

Regras Gerais

Os critérios adotados serão:

  • – Ser uma empresas associada ao IBRAM.
  • – A empresa que aderir ao preenchimento dos INDICADORES SST-IBRAM se compromete a fazê-lo de acordo com a periodicidade aqui estabelecida e será responsável pela confiabilidade dos dados.
  • – Os dados reportados deverão ser apenas de abrangência nacional (Brasil).
  • – A periodicidade do preenchimento dos dados deverá ser reportada ao IBRAM trimestralmente, contendo os dados mensais de cada período.
  • – A empresa que descumprir as regras de preenchimento descritas acima terá o seu acesso suspenso.
  • – Terão acesso à visualização dos relatórios apenas as empresas que aderirem ao preenchimento dos dados.
  •  – Os dados deverão ser reportados separadamente, considerando cada mineral produzido pela empresa: minério de ferro, cobre, níquel, fetilizantes, aluminio, etc.
  •  – Cada mineral reportado deverá estar vinculado a um CNPJ específico.
  • – O  CNPJ representativo da empresa deverá estar vinculado a um único CNAE (NR 4 – Norma Regulamentadora 4 /  Quadro I – Classificação Nacional de Atividades Econômicas) vinculado ao setor mineral.

INDICADORES DE DESEMPENHO EM SSO:

INDICADOR DE FATALIDADE

Para este indicador devem ser considerados empregados próprios e contratados.

INDICADOR DE INCIDENTES COM AFASTAMENTO

Para este indicador devem ser considerados empregados próprios e contratados.

Importante: o trabalho restrito não deve ser considerado.

INDICADOR TOTAL DE INCIDENTES

Para este indicador devem ser considerados empregados próprios e contratados.

INDICADOR DE ABSENTEÍSMO

Considera apenas empregados próprios.

Número de dias previstos no trabalho – padrão IBRAM = 22 dias

DEFINIÇÕES E CONCEITOS:

Para os cálculos dos indicadores acima as empresas deverão fornecer os dados considerando os conceitos e as definições abaixo:

Homem-hora-trabalhada (HHT)

É o número de empregados ativos multiplicado pelo número de horas trabalhadas. Deve-se excluir os empregados afastados e aposentados.

Obs.: A escolha das horas trabalhadas é livre para cada empresa.

Para o levantamento das HHT dos empregados contratados, as empresas deverão considerar os dados do boletim de medição.

Fatalidade

É a morte decorrente de um acidente de trabalho em uma atividade controlada.

Importante: A fatalidade deve ser registrada na data do incidente, e não na data da morte.

Lesões com afastamento

São lesões relacionadas ao trabalho (em atividade controlada) que impossibilitam que o empregado ou contratado estejam presentes no trabalho ou exerçam suas funções de rotina no dia seguinte à data da lesão. Esse indicador deve ser considerado mesmo que a pessoa não esteja escalada para trabalhar.

Trabalho Restrito

Incidente que afeta o cumprimento de parte das obrigações de trabalho na atividade desenvolvida, ou seja, quando o empregado consegue desempenhar apenas parte das atividades de sua função.

Tratamento Médico

Considera as lesões relacionadas ao trabalho, em atividade controlada, que resultam na gestão e cuidado do paciente no combate a uma doença ou desordem, mas que não resultam em perda de tempo ou em trabalho restrito.

Dias perdidos no período

A soma de dias perdidos por motivo de incapacidade para o trabalho, considerando todos os empregados próprios afastados no período de referência, independente deste número de dias ser maior ou menor que 15.

Incluindo faltas por consultas eletivas.

Excluindo licenças legais e maternidade.

Nº de empregados no período

São todos os empregados próprios que constaram na folha de pagamento, por qualquer período, entre o primeiro e último dia do mês.

Incluindo empregados em férias, afastados e jovens aprendizes.

Excluindo-se aposentados por invalidez.

Empregados próprios

São os empregados registrados pela empresa que fazem parte do quadro regular, inclusive contratados por prazos determinados e jovens aprendizes. Devem ser excluídos os estagiários e os trabalhadores terceirizados.

OUTROS CONCEITOS E DEFINIÇÕES:

Conceitos não aplicáveis diretamente nos indicadores, utilizados apenas para auxiliar/orientar as empresas em um melhor entendimento das informações a serem preenchidas:

Perda Material

Incidente que traz apenas impacto material e não acarreta em lesões em pessoas ou fatalidades.

Primeiros Socorros

São lesões leves relacionadas ao trabalho, em atividades controladas, que, em circunstâncias normais podem ser tratadas com sucesso por meio de profissionais da área de saúde ocupacional. Nesses casos o acidentado pode retornar ao trabalho imediatamente.

Atividades Controladas

São as atividades ou tarefas em que a empresa é responsável por estabelecer e aplicar seus padrões de saúde e segurança. Sob essa condição, atividades realizadas fora do site também podem ser consideradas controladas, desde que executadas por interesse da empresa.

Atividades Monitoradas

São as atividades ou tarefas em que a empresa não pode oficialmente estabelecer e aplicar seus padrões de saúde e segurança, mas pode exercer influência.

Atividades Não Controladas

São as atividades e tarefas em que a empresa não consegue estabelecer e aplicar seus padrões de saúde e segurança e também não tem poder de influência.

CADASTRE-SE!